quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

17/02 - Sobre o Parto



No início da gravidez eu nem pensava no parto (e tbem não fazia questão). Só que as pessoas nunca te deixam esquecer que depois de uma experiência maravilhosa que é estar grávida, vc vai sofrer (ah, vc vai)... pessoas fazem questão de te lembrar disso o tempo todo.

Eu levei esse assunto com muita naturalidade, mesmo porque...se ela entrou aki, vai ter que sair...rs

Desde o início eu sempre quis ter parto normal, por achar que é o melhor pro bebê. Acredito que Deus projetou o corpo da mulher pra isso e é assim que tem que ser. Também sempre tive o pensamento fixo de que não sou eu que escolho a hora dela nascer...ela vai saber a hora certa e vai se preparar pra isso.

Ainda bem que eu penso assim, porque mesmo que eu fosse simpatizante da cesárea eu não teria escolha, pq meu parto será pelo SUS em um hospital que tem como prioridade o parto normal humanizado.

A princípio não dei muita importância pra essa história de parto humanizado. Eu sabia que parto humanizado é aquele parto normal, onde fazem de tudo para aliviar a dor da mãe e de preferência com menos intervenções possível.

Eu sempre achei absurdo mulheres que optam por fazer o parto sem anestesia, ou sem ocitocina, ou pior...de cócoras! Eu queria um parto normal, mas com todas as intervenções possíveis...

Mas como eu sou curiosa, tenho um tempo ocioso e sei que o momento mais dramático está chegando...eu resolvi fazer uma pesquisa sobre o assunto e me informar melhor sobre os tipos de parto, intervenções, etc. Mesmo pq se eu depender da minha médica do pré natal pra conversar comigo sobre o parto...ahh, eu estaria totalmente perdida!

Eu descobri que eu estava certa quanto a algumas informações sobre o parto normal. Por exemplo, o bebê se prepara melhor pra respirar aqui fora sozinho, ele sofre menos na hora de sair e ele pega o seio mais fácil na hora de amamentar.

O que eu descobri e fiquei impressionada foi que, o maior pavor de todas as gestantes que optam pelo parto normal é a episiotomia (corte na região do períneo para ajudar na passagem do bebê). Este é o meu maior medo tbem. Muitas mulheres sofrem episiotomia sem necessidade na hora do parto, por pura comodidade do médico.

Foi pesquisando sobre este assunto que encontrei o motivo de muitas mulheres optarem pelo parto natural, sem intervenções médicas.

A ocitocina, por exemplo, que nada mais é do que aquele "sorinho maldito" que as mamães tomam quando chegam à maternidade "parindo", serve para acelerar o trabalho de parto, diminuindo o tempo de dor da paciente e o tempo de serviço da equipe médica. Porém, o sorinho pode acelerar demais e o corpo da mulher não acompanhar o ritmo, causando a necessidade da episiotomia, porque a dor é muito forte, o bebê está nascendo, mas a mãe não tem abertura suficiente, o que pode causar lacerações (ai )...

Outra interferência é a anestesia. Esta, pode impedir que a mulher faça força na hora certa e dificulte a passagem do bebê...causando oq? A necessidade da episiotomia....

Agora a melhor descoberta de todas e que eu nunca achei que passaria pela minah cabeça: a posição do parto! Quando o parto é feito com a paciente deitada a chance de episiotomia é muuuito maior. Para evitar o corte, é preferível que a mãe esteja em uma posição vertical, ou seja, de cócoras (odeio essa palavra) ou semi sentada, porque isso facilita a descida do bebê.

Pois bem...quanta coisa interessante eu descobri! Mas e agora? Oq fazer??? rsrsrs

Conversando com várias gravidinhas em um site de relacionamento eu descobri que muitas delas dariam tudo pra ter seus bebês em um hospital flexível como o Hospital da Mulher, onde têm a opção de escolher como queremos que nossos bebês venham ao mundo (exceto cesárea)... Mas a maioria delas tem planos de saúde, onde os médicos preferem agendar uma cesárea por comodidade pra eles e somente isso...

Eu realmente mudei meu conceito sobre parto natural, só não sei se sou tão forte a ponto de optar por ele...rs. Mas isso eu vou resolver com o médico quando estiver bem perto da minha princesa estrear!!!

De qualquer forma eu só quero que Deus me abençõe muito no meu parto, que a minha pequena venha com muita saúde e eu quero sempre oq for melhor pra ela, independente do meu sofrimento... eu daria a minha vida por ela se fosse necessário!!!!!

17/02 - Sem preguiça

Hoje acordei "cozida" igual ontem... Cansada, desanimada, com vontade de chorar... mas eu não me deixei desanimar, pq se eu ficar assim vou fazer mal pra minha pequenininha que não tem culpa de nada!
Então resolvi tomar um banho, lavar o cabelo, tirar o pijama, almoçar e sair um pouco de casa.
Fui tomar um sorvete na padaria e depois fui em uma lojinha de bebê que tem perto de casa... fiquei lá, olhando as coisinhas, me segurando pra não comprar tudo...rs. Só comprei uma legging pra usar com a saída da maternidade.
Meu passeio durou pouco, pq eu não estou em condições de ficar batendo perna, mas me fez bem... pelo menos saí um pouco...eu já tinha a impressão de estar criando mofo em mim...rs