sábado, 7 de maio de 2011

07/05 - Niver da tia Nena - O trauma do PARABÉNS
















Oba! Mais festinha... A Paloma está muito baladeira e ainda nem tem 1 mês.
A festa da tia foi lá na casa dela mesmo, estava a família toda lá e aqueles que ainda não haviam conhecido a Palominha, tiveram então, o prazer de conhecê-la.
Ela estava super bem, dormindo, passando de colo em colo, não estranhou ninguém. Acordou na hora que a fominha bateu, aí tomou um tetezinho e ficou de boa, mas como já estava lá fazia tempo, resolvi ir embora, mas atendendo a pedidos, resolvi esperar o "parabéns". Foi aí que começou o terror da Palominha.
As luzes se apagaram, e os olhos da minha pequena ficaram do tamanho de uma bola de gude...kkk...em seguida, o povo começa a cantar e bater palmas, e ela conseguiu arregalar ainda mais os olhos...e mexia os bracinhos e as perninhas sem parar...parecia estar apavorada! E estava!
Pra piorar, havia mais umas 3 pessoas além da tia Nena fazendo aniversário em datas próximas, então já viu né...cantaram parabéns diversas vezes, além das risadas, gritos, assobios....Coitada da Paloma!
Levei ela pro quarto e fechei a porta, e só aí ela começou a chorar... ela estava desesperada. Para ajudar, as crianças começaram a estourar as bexigas na janela do quarto onde eu estava tentanto acalmá-la...
Depois desse "parabéns traumático", fomos embora... mas depois do susto ela ficou bem e a história virou motivo de risos...mas na hora eu me senti a pior mãe do mundo...rs
Agora tenho 11 meses pra pagar um analista pra Paloma, pra ele tirar o trauma daquela musiquinha assustadora: "parabéns pra você, nesta data queria, muitas felicidades, muitos anos de vida..." senão vou ter que inventar outra pra cantar no aniversário de 1 aninho dela....kkkkkkkkkkkk