segunda-feira, 30 de maio de 2011

30/05 - Segunda consulta ao pediatra

Hoje foi nossa segunda consulta. Eu estava super ansiosa e cheia de dúvidas, como qualquer mãe de primeira viagem. Fiz até uma lista de perguntas para não esquecer de nadinha...
A médica respondeu todas as perguntas com muita paciência e esclareceu todas as dúvidas (ao contrário da médica do pré natal, rs).
A minha gorduchinha está com 4,370kg, e 56,5cm. Ótimo!!!!

Quanto ao peitinho que eu pensei que estava cheio, não está não...tudo limpinho e perfeitinho!
Conslusão: A médica disse que ela está ótima. Agora é só esperar para o dia da vacina... ai, ai ai...

quarta-feira, 25 de maio de 2011

25/05 - Passeio de tróleibus

Hoje fomos no banco. Eu fui de carro porque o banco era no centro de Santo André. Então fomos eu, Paloma e tia Tata. Chegando lá encontramos com a Tia Gisa e a Eloá. Quando fui no banco, para a minha surpresa a agência que eu teria que ir era a de São Bernardo... putz, o que fazer???
Eu não sabia como chegar no lugar de carro e a minha habilitação estava vencid...então não quis arriscar. Fomos de tróleibus com a tia Gisa e a Eloá...rs...uma verdadeira aventura!!! rsrs

No final deu tudo certo.

terça-feira, 24 de maio de 2011

24/05 - 1º Dia na igreja

Hoje a Palominha foi conhecer a igreja. Não via a hora de levá-la pra ver como ela iria se comportar. Quero que ela se acostume com o ambiente, as pessoas, o barulho...
No primeiro hino ela levou um susto, depois gostou e foi se acostumando. Quis mamar logo no começo do culto, aí fui com ela lá fora, e depois de barriguinha cheia voltamos pra dentro.

Ela não queria saber de dormir. Queria ficar acordada vendo o movimento...queria olhar tudo e todo mundo. Ficou bem quietinha.
No finalzinho do culto, ela não resistiu e se entregou...dormiu até chegar em casa.

Acho que ela gostou...minha irmazinha...rs

segunda-feira, 23 de maio de 2011

23/05 - Fim das férias do papai







Que chato...acabou as férias do papai... Mas pelo menos ele pôde curtir a sua gatinha por alguns dias.

E essa menininha tá ficando cada dia mais esperta, surpreendendo a mamãe, o papai e todo mundo que está acompanhando.
Já está dando risadinhas voluntárias, começando a reconhecer as pessoas mais próximas. Dá risadinhas para as borboletas da parede...linda, linda!!!
A cada dia fica mais esperta e a mamãe, cada dia mais boba...rs


Fiquei preocupada porque acho que o peitinho dela está cheio, aí apelei para a inalação, mas se Deus quiser não há de ser nada! Dia 30 é sua próxima consulta no pediatra!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

09/05 - 1 mês



Pois é...um mês se passou desde que minha pequena nasceu.
Estou super orgulhosa porque ela está linda, aprendendo várias coisas, ficando esperta!
Foram 4 semanas...e pensar que qdo estava na barriga, com 4 semanas ela não era nada...era uma bolinha que nem coração tinha ainda...rs... E agora está aqui, com 4 semanas, perfeitinha, linda, linda, linda....

1 mês

"Nesse início de vida, o bebê não controla nem a musculatura dos olhos. De todos os sentidos, a visão é a menos desenvolvida, por não ter sido exigida durante a gestação. No recém nascido o alcance é de 20 a 30 cm, mais ou menos a distância entre a mãe e o bebê durante a amamentação. A criança não consegue focalizar objetos além dessa medida.
A audição do recém nascido, ao contrário, é tão boa quanto a dos pais, porque começa a desenvolver a partir do quinto mês de gestação. O feto escuta o movimento dos órgãos maternos, a batida do coração da mãe. Tanto barulho como um helicóptero em pleno vôo, por isso, com apenas 3 dias o bebê reconhece a voz da mãe, com 20, emite sons em resposta ou vira a cabeça em direção ao barulho. Com um mês, ele registra a sequencia de palavras, e com 8 semanas será capaz de demonstrar preferência pelo idioma materno. O paladar do recém nascido também é aguçado. Neste período pode mamar cerca de 10 vezes ao dia e dormir de 20 a 22 horas.
A alimentação e o sono entram aos poucos na rotina. Acordado, o bebê parece estabanado e assustado em seus movimentos. Ele não os controla. São involuntários. "

domingo, 8 de maio de 2011

08/05 - Primeiro dia das mães





Não preciso nem dizer que hoje é um dia muuuito especial pra mim. É dia das mães, o primeiro que passo, não somente como filha, mas também como mãe!
Acordei com a minha princesinha e fomos dar o presente da vovó Nair, que a partir de agora é meu espelho, minha inspiração e meu exemplo de mãe. Se eu for para a Paloma 10% do que ela é pra mim eu estarei satisfeita!
Depois papai acordou me deu vários beijos de Feliz dia das Mães e me deu um presentão lindo! Me fez maior surpresa porque pensei que eu não fosse ganhar nada.
Foi um dia muito bom. Almoçamos todas juntas, família reunida, comidinha boa (eu que fiz, rs). À tarde fomos visitar a vó Maria...nossa vózinha de coração, que adotamos como vovó já que não temos mais a nossa. Enfim, foi um dia perfeito!
Hoje eu percebi que eu sou mãe desde o dia em que olhei aquelas duas listras na fitinha do teste de farmácia. Aquele teste que fiz dentro do banheiro da minha casa, onde eu ria sozinha como louca, pensando um milhão de coisas ao mesmo tempo...sem forças pra sair daquele banheiro, porque eu sabia que a partir daquelas duas listras, a minha vida havia mudado para sempre e a porta do banheiro naquele momento, parecia a porta para um novo mundo, uma nova vida...e era!
O tempo foi passando e a cada novidade eu me sentia mais mãe, me sentia mais abençoada.
Eu nunca vou me esquecer do primeiro ultrasom, onde eu vi aquele bebezinho tão pequeno e descobri que realmente tinha alguma coisa (alguém) dentro de mim.
E a primeira vez que senti um chute! Meu Deus...era um chute... não eram gases nem coisa da minha cabeça...era um chute! E a partir daquele chute vieram muitos outros, e a cada um deles eu parava o que estivesse fazendo pra sentir aquela vidinha dentro de mim. Era mágico, era lindo, mesmo que depois de um tempinho, a vidinha foi ficando grande e os chutes machucavam a minha costela. Eu não ligava, era a dor mais gratificante do mundo!
O dia em que a vi pela primeira vez fiquei anestesiada...eu só sentia um alivio muito grande. Toda dor havia passado e a minha menininha estava ali nos meus braços, perfeitinha, linda! Depois de 9 meses imaginando e sonhando como seria aquela carinha, eu estava diante dela...a carinha mais linda do mundo!
Agora, as minhas noites de sono são interrompidas diversas vezes, as minhas roupas vivem com cheiro de leite, o meu peito não é mais meu, o meu corpo não é o mesmo, meus cabelos nem tenho tempo de pentear, minhas costas doem, não tenho tempo pro meu marido nem pros amigos....mas, apesar de tudo isso eu me sinto a pessoa mais feliz do mundo, porque eu sou MÃE!!!!
Deus me deu esse presente mesmo eu não sendo merecedora de tão grande bênção. E Ele me dá sabedoria e força a cada dia pra cuidar do meu anjinho e eu não tenho palavras pra agradecer por presente tão lindo!!!

sábado, 7 de maio de 2011

07/05 - Niver da tia Nena - O trauma do PARABÉNS
















Oba! Mais festinha... A Paloma está muito baladeira e ainda nem tem 1 mês.
A festa da tia foi lá na casa dela mesmo, estava a família toda lá e aqueles que ainda não haviam conhecido a Palominha, tiveram então, o prazer de conhecê-la.
Ela estava super bem, dormindo, passando de colo em colo, não estranhou ninguém. Acordou na hora que a fominha bateu, aí tomou um tetezinho e ficou de boa, mas como já estava lá fazia tempo, resolvi ir embora, mas atendendo a pedidos, resolvi esperar o "parabéns". Foi aí que começou o terror da Palominha.
As luzes se apagaram, e os olhos da minha pequena ficaram do tamanho de uma bola de gude...kkk...em seguida, o povo começa a cantar e bater palmas, e ela conseguiu arregalar ainda mais os olhos...e mexia os bracinhos e as perninhas sem parar...parecia estar apavorada! E estava!
Pra piorar, havia mais umas 3 pessoas além da tia Nena fazendo aniversário em datas próximas, então já viu né...cantaram parabéns diversas vezes, além das risadas, gritos, assobios....Coitada da Paloma!
Levei ela pro quarto e fechei a porta, e só aí ela começou a chorar... ela estava desesperada. Para ajudar, as crianças começaram a estourar as bexigas na janela do quarto onde eu estava tentanto acalmá-la...
Depois desse "parabéns traumático", fomos embora... mas depois do susto ela ficou bem e a história virou motivo de risos...mas na hora eu me senti a pior mãe do mundo...rs
Agora tenho 11 meses pra pagar um analista pra Paloma, pra ele tirar o trauma daquela musiquinha assustadora: "parabéns pra você, nesta data queria, muitas felicidades, muitos anos de vida..." senão vou ter que inventar outra pra cantar no aniversário de 1 aninho dela....kkkkkkkkkkkk










quarta-feira, 4 de maio de 2011

04/05 - Niver do tio Ricardo (primeiro passeio)

A tia Gisa preparou uma festinha surpresa pro tio Ricardo. A Paloma fez o seu primeiro passeio.
As coisas não sairam como o planejado, porque o aniversariante chegou antes do bolo e dos covidados, então, a surpresa não rolou! A vó Nair estava mal com muita dor de cabeça, então nós ficamos muito poúco lá na festinha.
Foi uma festa de inverno...com caldos quentes...muito chic...rs. E apesar dos incidentes, no final deu tudo certo!
Ah, não tem foto porque a mamãe cabeção esqueceu a câmera...kkkkk

domingo, 1 de maio de 2011

01/05 - Visitinha das amigas do e-family



Mesmo num dia chuvoso, recebemos a ilustre visitinha das minhas ex amigas virtuais, que agora são reais.



Elas e suas barriguinhas lindas vieram conhecer a Paloma!



Queríamos que tivesse vindo todas, mas adoramos a visita. Vieram a Vivi, com o Iago no barrigão e a Kelly com a Mel no barrigão...



Foi muito bom!!! A Paloma ficou toda a vontade e deu até risadinha....tão simpática...kkk