quarta-feira, 27 de julho de 2011

27/07 - Ser mãe é sentir medo

Desde o primeiro momento em que descobri que seria mãe, o sentimento que mais tenho dentro de mim depois do amor, é o medo´.
É um medo incontrolável de tudo...
Quando peguei o resultado positivo eu tive medo de estar sonhando...o tempo foi passando e eu tinha medo de fazer meu primeiro US e não ter nenhum bebê lá dentro. OK, tinha bebê. Mas surgiu o medo de perdê-lo. A cada US era um medo e não ouvir o coraçãozinho bater.
Quando a barriga começou a crescer e os primeiros chutes surgiram, veio junto o medo quando passava algumas horas sem sentir o bebê mexer.
No final da gravidez nem se fale...era um medo louco do parto, de acontecer alguma coisa comigo, ou com ela, ou passar da hora, ou entrar em TP muito cedo, dela nascer com algum defeito, dela nascer sem vida...enfim...o que eu mais sentia era medo!
Nasceu! E o medo continuava... a essa altura o medo era de não saber cuidar, não dar conta, não ter leite. Medo de passar a primeira noite em casa e não saber o que fazer se ela começasse a chorar.
Meu bebê foi crescendo e hoje me peguei velando o soninho mais puro e tranquilo do mundo com lágrimas nos olhos e pensando...continuo com medo. Agora sinto um medo de não estar sendo uma boa mãe, dela não me amar como eu a amo, de deixar faltar alguma coisa pra ela, de um dia ela me pdeir algo que eu não possa dar, dela sentir dor e eu não poder curar, dela cair e se machucar, de ter que voltar ao trabalho e ficar longe dela, dela crescer e conhecer o lado obscuro da vida, dela se decepcionar com amigos, dela conhecer pessoas más, dela não atingir seus objetivos na vida, dela sofrer por amor...Medo dela não ser feliz e eu não conseguir fazer nada pra mudar isso...

Meu Deus...como sofre uma mãe! A minha já dizia isso, mas só agora eu sinto...
Eu queria poder protegê-la, mas a maior proteção que eu posso dar pra ela é pedir a Deus que coloque sempre suas mãos sobre ela e que a livre de todo mal, para que eu possa ver minha pequena crescer e ser muito feliz, me orgulhar cada dia mais de ter amado e sentido tanto medo por uma pessoinha tão especial pra mim!

Mas apesar desse sentimento que aperta o coração de uma mãe, existe um sentimento maior, e muito maior, que desata os nós do coração feitos pelo medo...que é o Amor! O maior amor do mundo, o amor inexplicável e incondicional!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário