sábado, 9 de abril de 2011

09/04 - A espera acabou - A Paloma chegoooou










Relato do meu parto


Eram 3:30 da manhã quando acordei com uma forte cólica, fui ao banheiro e senti uma água saindo, fiquei radiante pensando ser o rompimento da bolsa, mas para a minha surpresa era um sangramento. Fiquei bem assustada e chamei meu marido (ele nunca foi tão rápido pra se arrumar kkk).

Eu logo liguei pra minha mãe e pedi pra ela se arrumar também que íamos pro hospital, ela por sua vez, já ligou pra minha irmã (que iria assistir o parto) e disse pra ir pro hospital que talvez a Paloma nasceria naquele dia.

Poupamos a minha outra irmã da informação até termos certeza de que ela nasceria mesmo.

Fomos pro hospital e eu estava muito assustada por causa do sangramento. Logo eu, que havia planejado um milhão de vezes que quando a bolsa rompesse ou quando começassem as contrações eu iria esperar as contrações regulares pra ir pro hospital. Na prática foi bem diferente...fui correndo e bem nervosa sem saber o que ia acontecer.

Chegando no hospital a médica achou que era frescura minha porque ela disse que era normal sangrar e dar cólica depois do exame de toque (que eu havia feito à tarde), mas eu disse que a cólica era muito forte e o sangramento era muito grande. Quando ela foi fazer o exame de toque, veio outra cólica forte e então ela começou acreditar em mim, porue ela disse que realmente aquilo era uma contração. Fez o toque e descobriu que eu estava com 3cm de dilatação e que o sangramento era normal, do colo do utero. Eu precisaria aguardar 2 horas lá no hospital pra ver a evolução do trabalho de parto. Fiquei lá andando durante duas horas pelo hospital e as contrações estavam a cada 15 minutos. Eu só pedia a Deus que não me deixasse voltar pra casa com a Paloma na barriga, queria voltar com ela nos braços. E ao mesmo tempo eu pensava: "nossa, é só isso a contração, é igual cólica...ahhhhh, então tá facil!"

Ao mesmo tempo eu estava muito apreensiva porque o hospital estava sem vagas para internação e caso meu trabalho de parto evoluísse eu teria que ser transferida e eu não queria. Meu desejo era que minha bebê nascesse naquele hospital, que tem uma boa referência. Mas entreguei nas mãos de Deus.

Passaram as duas horas e lá fui eu pro cardiotoco de novo. Eram 6:15 da manhã. Fiz o exame de toque e surpresa! 5cm de dilatação!!! A médica então mandou preparar os documentos da internação e Deus foi tão maravilhoso comigo que surgiu uma vaguinha lá pra mim.

Liberadas as ligações pelo menos pra minha irmã que nem sabia de nada ainda e pra minha sogra. A Paloma nasceria aquele dia!!!

Quando foi umas 7h me despedi do meu marido e da minha mãe, que ficaram lá na recepção, e fui com a minha irmã para o quarto de pré parto.

O hospital que eu estava faz parto himanizado, então o pré parto era um quarto normal, com cama e o bercinho do lado e na hora do parto a equipe vem e transforma o quarto em uma sala de parto. Também tinha vários aparelhos para o parto humanizado...a bola, o cavalinho, banheira, chuveiro. Achei super legal e pensei: "vou usar tudo isso!"

Quando cheguei no quarto fui pro chuveiro tomar um banho quente, coloquei a camisola e deitei na cama. A enfermeira veio e avisou que colocaria o sorinho em mim e eu ficaria ali com a minha irmã até que chegasse o grande momento e aí sim a equipe entraria em ação, só pra fazer o parto.

Então foi colocado o sorinho "maldito" em mim eram 8h (que medo). Em seguida entrou um médico pra ver s dilatação. Já estava em 7cm e minha bolsa ainda não havia estourado. Ele mesmo estourou. Pensei que ia sentir um montão de água e tal...mas não senti nada, nem água, nem dor.

Mas aí começou o efeito do sorinho. A dor começou aumentar e diminuir frequencia...e minha irmã lá, firme e forte, sé me acalmando. Fiquei uma hora lá, com as dores só aumentando, às vezes aparecia alguém da equipe pra ver se estava tudo bem, e quando foi umas 9:30 veio uma médica pra ver a dilatação de novo, e a dor só aumentava. O líquido ia saindo aos poucos, conforme a dor vinha.

A médica disse que ainda estava com 7cm. Eu me desesperei, porque tinha dilatado tão rápido até os 7cm e agora ia ficar ali, nos 7...

A médica disse que se eu quisesse podia usar o cavalinho ou a bola pra ajudar a dilatar...e eu pensei: "que mané cavalinho, eu mal consigo respirar".

Nessa hora a dor já era insuportável e mina irmã dizia pra eu ficar calma que já estava acabando.

Passaram poucos minutos e a dor começou a ficar diferente, era muuuito forte e vinha junto com uma vontade louca de fazer força e empurrar. Minha irmã dizia pra empurrar que era assim mesmo. Aí empurrei. Veio outra contração e empurrei de novo e percebi que minha barriga já tinha descido inteirinha. Senti que se empurrasse de novo, a Paloma nasceria. Pedi pra minha irmã chamar alguém porque se eu fizesse mais uma força, ela nasceria, e como eu estava na ponta da cama estava com medo dela cair no chão, rs. E minha irmã disse que segurava...

A enfermeira veio com o maior pouco caso dizendo que ainda não estava na hora e eu disse que não aguentava mais e que estava sentindo minha filha sair. Aí veio a enfermeira obstétrica só pra ver se a dilatação havia aumentado e quando ela fez o toque gritou: "MENINAS, TÁ NASCENDO!!!". Em questão de segundos o quarto estava cheio e preparado para o parto. Veio mais uma dor e fiz força quando senti a Paloma saindo. Aí pensei comigo..."Ai meu Deus, vou ter que fazer mais uma força dessas pra sair o corpo agora", mas para a minha surpresa a dor passou e não veio outra contração e quando olhei, a Paloma já estava nos meus braços. Toda dor havia passado ,ela havia chegado ao mundo, e eu era a pessoa mais feliz do mundo.

Detalhe: ela nasceu nas mãos da enfermeira mesmo, o médico ficou paradão lá na porta, chegou tarde demais, rs

As enfermeiras e minha irmã deram muita risada porque só a cabecinha dela havia saído e os olhinhos já estavam bem abertos olhando pra todos os lados...essa não quis perder nenhum momento da vida...kkkk.

Pegaram ela pra pesar, ouvi o chorinho delicioso e depois já colocaram ela pra mamar logo em seguida. Já pegou na primeira, foi muito emocionante!!!

Depois do parto, tomei um banho, fiquei por volta de uma hora e depois fomos pro quarto.

Eu só tenho a agradecer a Deus pelo parto abençoado que tive e pela bênção maior de ser mãe de uma menininha linda!!!

Enfim, ela nasceu dia 09/04/2011, ás 9:47 , com 2.924kg, 49cm, APGAR 9/10.

4 comentários:

  1. PARABÉNS!!!! TANINHA!!!!

    Que legal!!! Emocionante mesmo (tirando os profissionais nada profissionais). A Paloma é linda, uma benção mesmo.

    Tudo bom pra vcs!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Tô chegando no seu blog num momento especial, adorei conhecer a Paloma. Depois me faz uma visitinha.
    Bjokas!!!

    ResponderExcluir
  3. Ow que maravilha amiga! muito bom ver que seu parto foi tranquilo, apesar das dores. A Paloma é linda! parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Cheguei aqui pra conhecer o seu blog e já conheci sua linda Paloma !
    Parabéns pela filha, é linda.
    Espero que meu parto seja tranquilo como foi o seu......esses relatos nos ajudam muito !
    Felicidades a família, estou te seguindo.

    bjuss

    ResponderExcluir